Fernando Dourado

Fernando Dourado

Atua como técnico de luz e iluminador desde 2003. Durante 2 anos e meio assumiu a direção de luz do Teatro Celeiro. No mesmo período exerceu também a função de operador e criação de luz para espetáculos de dança e teatro. Trabalhou com vários artistas de renome no cenário local e nacional, tais como: Beto Bruel, Edson Bueno, Marcio Abreu, Cintia Napoli, Luis Mello, Rosana Stavis, entre outros.

Em 2005 integrou ao elenco da desCompanhia de dança, com direção de Cintia Napoli, assinando como criador, operador e técnico de luz dos seguintes espetáculos: des (2005), Allsense (2006), Cuidado! FRÁGIL (2007), Ainda é rosa (2008), Lugares de Mim (2008), feche os olhos para Olhar (2010), Isso que me move a dançar (2010), uma trajetória em tempo Real (2011), sobre sujeitos, objetos e afetos (2012) e IN-REAL acontecimentos poéticos (2012). Com o Grupo Delírio, dirigido por Edson Bueno, participou da montagem e operação de luz nos espetáculos: O Evangelho Segundo São Mateus, Kafkaescrever é um sono mais profundo que a morte, A vida como ela é, todos com criação de Beto Bruel (2008-2009) e no espetáculo Marcelo, Marmelo, Martelo (2009) com criação de sua autoria.

Curriculum

Nenhum comentário: